Uma noite à la Castro Alves

O ano se passou e mais uma vez deparo-me com o Concurso de Declamação.

Mais uma vez também, sigo de Castro Alves (Minha mãe a noite é fria/Desce a neblima sombria/Geme o riacho no val(…))I. Sempre gostei da tragicidade do Alves. Uma mistura de entranhas psicológicas com o sofrimento físico.

 

 

Vamos ver se meus nervos me ajudarão esta noite.

Amanhã, escrevo no que deu.

 

ATUALIZADO: O concurso resultou num terceiro lugar, mas o que realmente importa é que eu fiquei muio satisfeito com meu trabalho. Além do mais, o troféu Machado de Assis é esplendoroso.

Anúncios

About jorgedoprado

Doutorando em Ciência da Informação (UFSC), Mestre em Gestão de Unidades de Informação (UDESC), Bacharel em Biblioteconomia (UDESC). Ver todos os artigos de jorgedoprado

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: