O prisioneiro do céu

Imagem

Lançado há duas semanas no Brasil, terminei há pouco a leitura de “O prisioneiro do céu”, escrito pelo espanhol Carlos Ruiz Zafón.

O escritor consagrou-se já com seu primeiro livro, “A sombra do vento”, retomou o sucesso com “O jogo do anjo”, mas não teve muito alarde com “Marina”, publicado por aqui ano passado. Em “O prisioneiro”, ele retoma Daniel Sempere e alguns outros personagens de seu primeiro livro. A história permeia outros livros, bastante suspense e o item que deixa a sua escrita um pouco chata: o vai e volta cronológico. Zafón tem uma boa escrita e seus livros são inteligentemente bem editados (capítulos curtos de modo a fazer a leitura fluir), mas esta cronológica sempre me confundiu, além de trazer alguns detalhes que, por enquanto, julgo desnecessários.

Em 250 páginas, traz uma história mais voltada ao passado de Daniel Sempere. A fórmula é a mesma de “A sombra do vento”: tem livros misteriosos e personagens mais misteriosos ainda. O palco ainda é a nebulosa Barcelona do autor, nas décadas de 40 e 50, com um epílogo na de 60.

A história é interessante, mas não traz nada demais. Melhor que “Marina”, por isso indico a leitura. Abaixo, a sinopse apresenta no livro:

“Barcelona, 1957. Daniel Sempere e seu amigo Fermín, os heróis de A sombra do vento, estão de volta à aventura para enfrentar o maior desafio de suas vidas. Logo quando tudo começava a dar certo para eles, um personagem inquietante visita a livraria de Sempere e ameaça revelar um terrível segredo que permanecia enterrado há duas décadas no fundo da memória da cidade. Ao descobrir a verdade, Daniel compreenderá que o destino o arrasta na direção de um confronto inevitável com a maior das sombras: aquela que cresce dentro dele. Transbordando de intriga e emoção, O prisioneiro do céu é um romance em que as narrativas de A sombra do vento O jogo do anjo convergem e nos levam à resolução do enigma que se esconde no coração do Cemitério dos Livros Esquecidos.”

Advertisements

About jorgedoprado

Graduado em Biblioteconomia e pós-graduando em Gestão da Comunicação em Mídias Digitais. Atento para a articulação de redes em ambientes digitais. Ver todos os artigos de jorgedoprado

2 responses to “O prisioneiro do céu

  • Noeme

    Discordo, em partes, de sua análise. IMO este, como todos os outros livros, exceto os infantis (porque não conheço), são dignos de “aplausos de pé”. Zafón ocupa uma das cadeiras exclusivas dos grandes mestres da literatura espanhola. Adoro ele! Pelo visto não só eu, se observarmos o rank mundial dos best sellers! =D
    Minha opinião, só.

  • João Adolfo Guerreiro

    Discordando só um pouco da tua resenha Jorge, concordo com ela. Pra quem gosta do Zafón e curte os personagens de A Sombra e O Jogo, é legal. Mas o livro é realmente o mais fraco do autor, aliás, parece que Zafón não foi tão Zafón no livro. Aliás, eu diria que Zafón fez Marina e A Sombra num crescendo – aí uma discordãncia. Em O Jogo começa a cair (eu não vi tudo isso em O Jogo do Anjo – acho que ele não dividiu claramente a realidade da esquizofrenia de David e não deixou ao leitor base para saber bem o que era o real e o que não era – muitíssimo aquém de A Sombra) e em Prisioneiro bate no fundo. Mas é o fundo de Zafón, claro, que é mais alto que a média. Eu vou comprar o quarto livro quando sair porque sou dos que gostam de Zafón e porisso curti ler Prisioneiro. Mas nunca recomendaria ele ou O Jogo para quem não conhece Zafón. Recomendaria A Sombra e Marina, para serem lidos nessa ordem. Depois sim, seguir com O Jogo e Prisioneiro. Ler Marina antes de A Sombra, pra quem não conhece o Zafón, tira um pouco do impacto que a prosa dele causa à primeira vista. E achei Marina, livro anterior a A Sombra do Vento, muito bom.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: